Blog Domingos Costa

Notícias e Variedades
Economia: que é a Taxa Selic e como ela afeta seu dinheiro

Economia é uma ciência que estuda os processos de produçãodistribuiçãoacumulação e consumo de bens materiais. É a contenção ou moderação nos gastos, é uma poupança.

No sentido figurado, economia significa o controle para evitar desperdícios em qualquer serviço ou atividade.

A Selic, ou Taxa Selic, é a taxa básica de juros da economia. A cada 45 dias, a Taxa Selic vira notícia em todo o Brasil – seja por ter aumentado, diminuído ou se mantido estável após a reunião do Copom, o Comitê de Política Monetária do Banco Central.

Em agosto de 2021, por exemplo, ela ficou definida em 5,25% ao ano.

Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira. Basicamente, ela influencia todas as demais taxas de juros do Brasil, como as cobradas em empréstimos, financiamentos e até de retorno em aplicações financeiras

Mas o que significa Selic?

Selic é a sigla para Sistema Especial de Liquidação e Custódia, um programa virtual em que os títulos do Tesouro Nacional são comprados e vendidos diariamente por instituições financeiras.

Além do Banco Central, apenas instituições financeiras têm autorização para negociar títulos nesse ambiente. Ou seja, pessoas comuns não têm acesso.

Já a Taxa Selic está ligada aos juros dos títulos públicos que o governo oferece neste sistema.

A ciência econômica tenta explicar o funcionamento dos sistemas econômicos e as relações com os agentes econômicos (empresas ou pessoas físicas), refletindo sobre os problemas existentes e propondo soluções.

A investigação dos principais problemas econômicos e as tomadas de decisão baseiam-se em quatro questões fundamentais sobre a produção: “O que produzir?”, “Quando produzir?”, “Que quantidade produzir?”, “Para quem produzir?”.

Microeconomia e macroeconomia são os dois grande ramos da economia. A microeconomia estuda as várias formas de comportamento nas escolhas individuais dos agentes econômicos, enquanto a macroeconomia analisa os processos microeconômicos observando uma economia como um todo.

Economia de mercado

Economia de mercado é um sistema econômico em que as organizações (bancos, empresas etc.) podem atuar com pouca interferência do estado. É o sistema próprio do capitalismo.

Economia de subsistência

É um sistema econômico baseado na produção de bens esclusivamente necessários para o consumo básico, imediato. Onde na produção não existe excedentes, nem relação de caráter econômico com outros mercados produtores.

A lei da oferta e da procura é uma das bases do mercado e consiste na relação entre o preço de bens e serviços ofertados e a demanda existente por eles.

A lei da oferta e da procura é um dos conceitos mais importantes da economia pois funciona como um modelo de definição de preços e determina a melhor forma de se alocar recursos. Devido essa função regulamentadora, a lei da oferta e da procura é a própria essência do liberalismo econômico, que defende um mercado independente e autorregulado.

A procura diz respeito ao quanto um produto ou serviço é desejado por compradores dispostos a pagar um determinado preço. A análise entre o preço e a quantidade demandada pelos compradores resulta na chamada lei da procura.

A oferta se refere ao quanto de um produto ou serviço o mercado pode disponibilizar por um determinado preço. A correlação entre o preço e quanto de um bem ou serviço é ofertado pelo mercado é conhecida como lei da oferta.

A lei da oferta e da procura nada mais é do que a combinação entre a lei da procura e a lei da oferta. O conceito analisa a interação entre as duas relações e é utilizada na definição de preços de bens e serviços. Além disso, a lei explora os diferentes resultados em casos de equilíbrio e desequilíbrio das relações.